Arquivo | Arte RSS feed for this section

Shakespeare Globe em Londres

30 mar

Entre tantos passeios e atrações culturais disponíveis em Londres fiquei extremamente encantada com o Shakespeare Globe Theatre.

As margens do Tamisa o teatro tem espetáculos disponíveis durante o dia e também a noite, e conta com um passeio turístico pela estrutura do teatro e fica próximo ao Tate Museum, do mesmo lado da margem.

Em uma visita ao teatro é possível conhecer os figurinos, cenários e detalhes de todas as produções das peças de Shakespeare que passaram pelo local. Infelizmente só conseguimos visitar no nosso último dia de viagem durante a curta visita ao teatro conhecemos um pouco da história. O teatro na verdade não é o globo original pois o original foi destruído por um incêndio,  é uma réplica do teatro da época em que as peças de Shakespeare foram escritas e eram encenadas, em que boa parte do público assistia as peças em pé enquanto a nobreza assistia as peças das laterais, agrupados de acordo com o seu padrão social. Na estrutura atual também são vendidos ingressos mais baratos para quem quer assistir as peças de pé (cuidado, sujeito a pegar chuva, pois para a platéia que fica em pé não há cobertura).

Pena que não vimos um espetáculo

Atores se aquecendo e ensaiando durante a nossa visita

Foi bacana pois o guia do teatro que nos acompanhou é um membro da cia e transmitia muito amor pelo seu trabalho. Enquanto conhecíamos o teatro foi possível ver alguns atores ensaiando e esquentando a voz, fiquei triste por não assistirmos um espetáculo, mas é preciso estar ciente que é impossível fazer tudo o que se deseja em Londres, com a quantidade de opções culturais disponíveis.

Durante a semana e para escolas o ingresso para os espetáculos é super barato, na nossa próxima ida a Londres já está como prioridade.

Não podia sair de lá sem uma lembrancinha, adorei este lápis do Shakespeare!

Não podia sair de lá sem uma lembrancinha, adorei este lápis do Shakespeare!

http://www.shakespearesglobe.com/

Até a próxima Paty dica!

Anúncios

Filme: Frida Kahlo

10 mar

20130310-202336.jpg

Achei o filme por acaso enquanto zapeava entre os canais de tv e me surpeendi com uma excelente atuação da até então super sem graça atriz Selma Hayek.

O filme é de 2002 e conta a história da artista mexicana Frida Kahlo que foi/éuma das artistas mais importantes do século. Suas obras mais importantes são representações de tragédias que ocorreram em sua vida, como as graves brigas com seu marido e também pintor e com seu sofrimento gerado por inúmeras sequelas de um grave acidente de bonde.

O filme tem uma fotografia muito original e mescla cenas com obras de Frida.

Recomendo o filme e fica aqui também uma de suas principais obras e a minha predileta, “Mi vestido cuelga aqui”,1933

20130310-204153.jpg

20130310-204942.jpg

Biografia de John Lennon- em quantas páginas podemos resumir a vida de alguém?

24 fev

Sempre tive vontade de conhecer mais a história dos Beatles e no ano passado ganhei de presente a Biografia do John Lennon. Queria ter terminado antes de ir para Londres , sim sim, o livro ficou quase 08 meses parado, mas este mês retomei com força total a leitura e me despedi do John na última noite.

demorei mas fiquei feliz em ter persistido

demorei mas fiquei feliz em ter persistido

Achei o livro super completo, uma biografia extremamente detalhista, para quem é muuuuito fã vale a pena a leitura, no entanto confesso que atropelei a leitura do John por outros livros durante quase 08 meses pois nas primeiras 300 páginas há uma descrição muuuuito minuciosa da vida de John pré-Beatles, detalhes por exemplo com os nomes dos personagens que ele criava na escola, o que particularmente considerei um excesso de informação.

A partir do momento da criação da banda e da fama a biografia ganha ritmo e fica realmente emocionante entender a origem emocional de muitas letras da banda mais famosa de todos os tempos.

Enquanto lia o livro ia escutando os discos referente a passagem do livro, foi uma forma de voltar a uma época que não vivi.

Um personagem histórico, polêmico, mas o mais importante: autêntico, que vivia sua vida respeitando seus valores e princípios, algo raro de se ver atualmente e não só no ambiente artístico.

Outro pensamento enquanto reclamava do tamanho do livro para a minha família era: em quantas páginas podemos resumir uma vida? Difícil né?

beijos e até a próxima Paty Dica

Link

Mafalda – quadrinhos questionadores

18 fev

Quando eu era criança meu pai tinha em casa alguns livrinhos com tirinhas da Mafalda, enquanto eu ainda não sabia ler, e mesmo um pouco depois eu continuei a pintar aquelas estranhas tirinhas em preto e branco, acho que eu confundia com os livros de colorir. O detalhe é que tenho que admitir que desenhos e pinturas com lápis de cor nunca foram o meu forte, então hoje entendo como meus pais devem ter ficado feliz com a minha arte nos livrinhos.

Acredito que aprendi muito com a Mafalda quanto a realizar perguntas auspiciosas, perguntas difíceis são para os fortes de espírito, geralmente é difícil questionarmos a realidade que se apresenta todos os dias frente aos nossos olhos, é difícil ter coragem de se perguntar: Por que?

Mafalda foi criada entre as décadas de 1960 e 1970 pelo argentino Quino e é uma garotinha de 06 anos de idade com muitas perguntas e comentários que até hoje me deixam sem palavras. Simplesmente Mafalda

Em português há uma página no Face que publica quase que diariamente tirinhas> Ver no Face> Toda Mafalda.

Mas como não poderia deixar de ser aproveito para incluir aqui no Paty Dicas as minhas tirinhas prediletas e dizer que sinto realmente falta de ler mais tirinhas inteligentes como estas.

Até a próxima Paty Dica

Em Buenos Aires construiram este banquinho especial com a Mafalda, quando  for a Buenos Aires com certeza passarei por lá :D

Em Buenos Aires construiram este banquinho especial com a Mafalda, quando for a Buenos Aires com certeza passarei por lá 😀

Mafalda forever!

Mafalda forever!

Mafalda 2 Mafalda 3 mafalda 4

Lenine: poesia cantada e Auditório Ibirapuera

28 jan

Nada melhor do que aproveitar o aniversário da cidade em um dos cartões postais da cidade: Auditório Ibirapuera. nas nossas caminhadas no parque sempre vi o auditório mas até este feriado não tinha tido oportunidade de conhecê-lo, aliás vale a pena acessar o site ou o face do auditório para seguir a programação.

Lugar de primeira classe para assistir qualquer espetáculo! Adorei e irei retornar em breve com certeza!

Para complementar o auditório só um show a altura com o Lenine. Já havia ido a outro show a uns 02 anos atrás mas achei o repertório tão duvidoso, desta vez tenho certeza que ele acertou em cheio.

CD chão

CD chão

O show faz parte da turnê do CD “Chão” com um som eletrônico e explorando novas possibilidades musicais. O espetáculo foi maravilhoso, não conhecia a maioria das músicas novas e digo que foi muito fácil me apaixonar pelas novas melodias, sendo a predileta: “Envergo Mas Não Quebro”.

recomendo muito o Cd e o artista, que tens outros cds tão bons quanto, para quem não conhece nada recomendo começar pelo Acústico MTV, que conta com muitos sucessos, inclusive trilhas de novelas composta pelo Lenine.

Até a próxima Paty Dica

Como achar a Abbey Road em Londres

22 jan

Na nossa passagem por Londres em Agosto/2012 estávamos muito ansiosos para conhecer a famosa Abbey Road, cenário de uma das fotos mais populares de todos os tempos. Descobri esta foto do making off da foto recentemente, e lendo a biografia do John Lennon descobri que a foto não foi sequer planejada, eles estavam muito cansados e gravando exaustivamente e ainda precisariam ir para um estúdio tirar fotos, então decidiram sair e tirar esta foto na rua em frente ao estúdio.

sempre eles

making off em frente ao estúdio Abbey Road

Andando de metro visualizamos a estão de metro Abbey Road, e fomos para lá com a certeza de que conseguiríamos tirar a foto, e andamos, andamos andamos pela tal de Abbey Road e nada da faixa, na verdade mais parecia um “Bronks” londrino, até que perguntamos para um casal onde era a faixa e eles, sempre educados nos explicaram que existem duas Abbey Roads e que a outra era mais próxima ao centro.

Fomos para casa cansados e decepcionados e no outro dia descemos na estação correta em St John’s Wood, e conseguimos a ajuda de outros brasileiros que estavam no local para tirar a nossa tão perada foto. Se até os Simpsons podem por que nós não poderíamos? rs

Dica importante: ser educado com os carros, pois ao contrário do que imaginávamos lá não tem semáforo, portanto os simpáticos motoristas londrinos param o carro sempre que alguém se aproxima da faixa, nós ficamos um tempão encostados na parede do estúdio, longe da faixa até conseguimos fotografar no mesmo angulo da capa, em que é preciso que o fotógrafo também fique no meio da rua.

Sim, é clichê e sim foi emocionante!

IMG_4854

Fazendo a pose na Abbey Road com o maridão

album_The-Beatles-Abbey-Simpsons-Road

Simpsons: bart descalço também, estampa de camiseta clichê e bacana

A foto original

A foto original

Até a próxima Dica

Arte Hiper realista e presente inesperado

20 jan

Até ontem eu praticamente desconhecia o significado de “Arte Hiper realista”, e descobri de um jeito maravilhoso.

Durante uma pizza com o meu digníssimo pai Nelson Vicente, sua esposa Meire e o meu irmão Fábio aqui em casa recebi um dos presentes que mais me emocionaram. Já faz algum tempo que meu pai havia comentado que agora aposentado iria se dedicar um pouco a pintar quadros, que estava pesquisando algumas coisas na internet, o que por si já era algo surpreendente visto que alguns anos atrás ele sequer sabia o que era computador e agora recebo emails diários.

Semana passada conversamos e perguntei como estava sua produção, ele comentou que estava pensando em não fazer mais nada pois não se considerava bom e blá blá blá, achei a conversa estranha mas respeitei, afinal ninguém é obrigado a fazer nada.

Eles nos entregaram uma moldura e eu não acreditei quando abri e vi a imagem abaixo, a principio pensei: “que bacana, meu pai pegou a nossa foto e colocou um efeito de photoshop e ampliou”, mas fiquei na dúvida e perguntei: “Mas porque tem esta sua assinatura aqui?” e o Mau ( marido) comentou: “Você não percebeu que ele desenhou?” Neste mesmo instante comecei a chorar e abracei meu velhinho, porque nunca havia visto um desenho seu tão bacana. Ele me disse que como foi um dos primeiros demorou 03 meses para produzir, vocês não fazem ideia como fiquei emocionada.

Também me mostrou algumas referências como o artista Paul Cadden http://paulcadden.com/, que serviu de inspiração, comentou que comprou diversos tipos de lápis e papéis e zás e até uma lente de aumento com luminária (aposto que fica com cara de cientista maluco com ela).E o melhor: faz por puro prazer, para se expressar.

Segue a foto que ele desenhou e o desenho:

Foto:

foto original no saguão do aeroporto/2010

foto original no saguão do aeroporto/2010

Desenho:

presente hiperrealista

Segue primeiro desenho hiper realista, este ele fez antes do nosso,  baseado em uma foto do Chico Xavier que ele doará para as Casas André Luiz leiloarem:

1° desenho hiper realista do Nelson vicente

1° desenho hiper realista do Nelson vicente

Momento mural de recados: obrigada pai pelo presente e dedicação, que a arte continue te alimentando. Te amo!

Até a próxima Paty Dica

%d blogueiros gostam disto: