Arquivo | Literatura RSS feed for this section

Troca de Livros

26 fev

Descobri pelo site Catraca Livre o site Troca de Livros, lá é possível cadastrar livros de seu interesse e também oferecer os seus próprios livros para troca.

O endereço é: www.trocadelivos.com.br 

Troca de Livros

Troca de Livros

 

 

 

 

Até a próxima Paty Dica

 

Anúncios
Link

Mafalda – quadrinhos questionadores

18 fev

Quando eu era criança meu pai tinha em casa alguns livrinhos com tirinhas da Mafalda, enquanto eu ainda não sabia ler, e mesmo um pouco depois eu continuei a pintar aquelas estranhas tirinhas em preto e branco, acho que eu confundia com os livros de colorir. O detalhe é que tenho que admitir que desenhos e pinturas com lápis de cor nunca foram o meu forte, então hoje entendo como meus pais devem ter ficado feliz com a minha arte nos livrinhos.

Acredito que aprendi muito com a Mafalda quanto a realizar perguntas auspiciosas, perguntas difíceis são para os fortes de espírito, geralmente é difícil questionarmos a realidade que se apresenta todos os dias frente aos nossos olhos, é difícil ter coragem de se perguntar: Por que?

Mafalda foi criada entre as décadas de 1960 e 1970 pelo argentino Quino e é uma garotinha de 06 anos de idade com muitas perguntas e comentários que até hoje me deixam sem palavras. Simplesmente Mafalda

Em português há uma página no Face que publica quase que diariamente tirinhas> Ver no Face> Toda Mafalda.

Mas como não poderia deixar de ser aproveito para incluir aqui no Paty Dicas as minhas tirinhas prediletas e dizer que sinto realmente falta de ler mais tirinhas inteligentes como estas.

Até a próxima Paty Dica

Em Buenos Aires construiram este banquinho especial com a Mafalda, quando  for a Buenos Aires com certeza passarei por lá :D

Em Buenos Aires construiram este banquinho especial com a Mafalda, quando for a Buenos Aires com certeza passarei por lá 😀

Mafalda forever!

Mafalda forever!

Mafalda 2 Mafalda 3 mafalda 4

200 anos de Orgulho e Preconceito (Pride and Prejudice)

4 fev

Sempre que alguma das minhas amigas me pergunta qual meu livro predileto de romance respondo sem titubear “Orgulho e Preconceito”, afirmo sem medo que é a base de TODOS os demais livros água com açúcar que a maioria das mulheres gostam.

Nem o nome do Mr Darcy a autora do livro modificou, idem para o filme

Nem o nome do Mr Darcy a autora do livro modificou, idem para o filme

Na semana passada a obra “Orgulho e Preconceito” completou 200 anos, e cada vez que releio vejo o quanto continua atual apesar de retratar de forma perfeccionista um retrato da sociedade inglesa da época.

O livro fala sobre a vida da família Bennet, composta por um pai, mãe e 05 filhas e a pressão da mãe para casar suas filhas. A personalidade distinta das irmãs Bennet é algo interessante, visto que na vida real Jane Austen tinha apenas uma irmã, Cassandra. Elizabeth é a protagonista do livro, com sua personalidade forte e um ponto de vista ultrafeminino para a época.

Mapa dos Personagens

Mapa dos Personagens

Vale a pena ler Orgulho e Preconceito e depois assistir ou ler ou as várias versões do livro para o cinema e também em mini-séries.

Como homenagem ao aniversário da obra esta semana postarei outras obras de Jane.

Até a próxima Paty Dica

Primeiro exemplar de Orgulho e Preconceito exibido na casa da Jane Austen

Primeiro exemplar de Orgulho e Preconceito exibido na casa da Jane Austen

Anna Karenina – Livro e filme

16 jan

Já faz algum tempo que venho me aproximando da literatura russa com alguma cautela, talvez pelo fato de não ter me apaixonado por Crime e Castigo, no entanto seguindo a regra de “dar sempre uma segunda chance”, assisti a mini-série Guerra e Paz da BBC e gostei muito da estrutura que envolve história, drama e romance. Comprei os livros, sim com “S”, pois são 04 volumes que compõe a obra, confesso que ainda estou um pouco assustada com a quantidade de mapas e nomes das famílias , no entanto acredito que a leitura irá de encontro com o meu desafio literário do mês de Junho, acredito que até lá conseguirei termiar.

Quando vi o trailler de Anna Karenina me deu vontade de atropelar a leitura de guerra e paz com este romance, mas gostei tanto do trailler e sei que geralmente quando lemos o livro nos decepcionamos com o filme portanto irei assistir antes de ler (inclusive antes de comprar o livro…) para não cair na tentação.

O filme está concorrendo ao premio de melhor figurino e trilha sonora, e é do mesmo diretor de Orgulho e Preconceito, aguardo ansiosa pela estréia em Fevereiro.

Para os curiosos o trailer:

Para quem ficou curioso pela série guerra e paz:

Até a próxima Paty Dica

Jane Austen House – Chawton Londres

26 set

Na Europa é muito complicado os pontos históricos e ainda vivenciar um pouco da rotina do povo local, a verdade é que sempre falta tempo para ver tudo o que queremos e a vontade de voltar para conhecer mais lugares e costumes é algo que definitivamente não passa.

Em Londres a velocidade da cidade é bem diferente de São Paulo, o povo educado e gentil, parque maravilhosos com esquilos fofinhos e muitos, muitos pontos culturais por toda a cidade.Tantos clássicos da literatura foram criados com Londres como inspiração e os costumes e hábitos do povo inglês como pano de fundo. Ao conhecer Oxford e Cambridge (gostei mais) fica fácil inclusive conhecer a fonte de inspiração de JK Rowling para Hogwarts. Não é a toa que Drácula, Sherlock Holmes e as maravilhosas histórias da Jane Austen tem passagens por esta cidade tão cosmopolita.

Antes de irmos viajar eu já havia determinado que abriria mão de outros passeios para conhecer a casa onde a Jane Austen viveu e escreveu seus principais romances.

Museu em Chawton

Este foi um dos passeios mais especiais da viagem, a casa fica em Auston, a 1 hora de trem de Londres, quando chegamos na cidade e olhamos o mapa do ponto turístico vimos que a cidade era composta de casinhas muito meigas e de uma avenida principal e que teríamos que pegar um ônibus para chegar a Chawton, paramos uma moradora do local para perguntarmos sobre o ônibus e ela ficou em dúvida então o que ela fez? Nos deu carona até o museu no seu carro para que pudéssemos chegar antes e aproveitar mais o passeio! Uma simpatia só, ainda deu dicas sobre visitarmos a igreja onde ela estava enterrada.

Até chegarmos na casa eu imaginava que o centro da cidade seria ao redor da casa, que teriam muitas lojinhas ao redor vendendo tudo relacionado a autora e as obras , mas fiquei muito feliz quando vi que eu estava enganada, ao redor da casa ainda existem cottages e o caminho da casa para a igreja do vilarejo se mantém praticamente inalterado a 200 anos, com um pasto verdinho e cheio de ovelhas, bucólico e surpreendente.

Dentro da casa além de objetos pessoais de Jane e sua família também valeu a pena aproveitar o jardim!

Quem é fã da autora como eu e for para Londres não pode perder este passeio.

Até a próxima Paty Dica!

One Day – Um dia

7 nov

Estava com muita vontade de ler este livro, havia lido um release em uma revista e vi que não era um romance tradicional e cheio de lágrimas como os do Nicholas Sparks, li o livro “Querido John” e me pareceu tão forçado, como se um homem jamais fosse capaz de escrever uma história com uma visão tão sentimentalista.

One Day é um livro mais fluente, com alguns acontecimentos de encontros e desencontros.

Um dia

Conta a história do mesmo casal durante mais de 20 anos, sempre no dia em que  se conheceram, alguns anos juntos outros separados, alguns de sucessos e outros de fracassos. É interessante pois mostra a mudança na personalidade e valores durante o tempo, não é piegas e a leitura é bem mais dinâmica.

 Além de tudo foi o meu primeiro livro “normal” em inglês, alguém tem mais alguma dica de um bom livro para ler em inglês?

 O bacana é que o livro terá uma versão para o cinema também, acredito que valerá a pena.

Poster do Filme

Até a próxima patydica 😀

V de Vingança

3 out
Poster alternativo

Poster

V de Vingança
Adorei o filme agora quero ler o quadrinho original

Adorei o filme, sei que para muitos a paty dica de hoje pode estar meio passada ou velha mas gostei bastante.

Filme interessante e bem filmado, com menos estrutura de quadrinhos do que Sin City e mais conteúdo além de personagens mais profundos.

Agora quero encontrar o HQ  para inclusive praticar inglês, vi que as edições estão esgotadas no fornecedor, queria a versão encadernada.

Demorei tanto para assistir este filme, estava super resistente e com preguiça, mas acho que os melhores filmes são sempre assim né?

Até a próxima Paty Dica

%d blogueiros gostam disto: