Arquivo | Principal RSS feed for this section
Link

Mafalda – quadrinhos questionadores

18 fev

Quando eu era criança meu pai tinha em casa alguns livrinhos com tirinhas da Mafalda, enquanto eu ainda não sabia ler, e mesmo um pouco depois eu continuei a pintar aquelas estranhas tirinhas em preto e branco, acho que eu confundia com os livros de colorir. O detalhe é que tenho que admitir que desenhos e pinturas com lápis de cor nunca foram o meu forte, então hoje entendo como meus pais devem ter ficado feliz com a minha arte nos livrinhos.

Acredito que aprendi muito com a Mafalda quanto a realizar perguntas auspiciosas, perguntas difíceis são para os fortes de espírito, geralmente é difícil questionarmos a realidade que se apresenta todos os dias frente aos nossos olhos, é difícil ter coragem de se perguntar: Por que?

Mafalda foi criada entre as décadas de 1960 e 1970 pelo argentino Quino e é uma garotinha de 06 anos de idade com muitas perguntas e comentários que até hoje me deixam sem palavras. Simplesmente Mafalda

Em português há uma página no Face que publica quase que diariamente tirinhas> Ver no Face> Toda Mafalda.

Mas como não poderia deixar de ser aproveito para incluir aqui no Paty Dicas as minhas tirinhas prediletas e dizer que sinto realmente falta de ler mais tirinhas inteligentes como estas.

Até a próxima Paty Dica

Em Buenos Aires construiram este banquinho especial com a Mafalda, quando  for a Buenos Aires com certeza passarei por lá :D

Em Buenos Aires construiram este banquinho especial com a Mafalda, quando for a Buenos Aires com certeza passarei por lá 😀

Mafalda forever!

Mafalda forever!

Mafalda 2 Mafalda 3 mafalda 4

Anúncios

O Iluminado: terror de 1980 com tensão atual

5 fev

Terror/suspense definitivamente não são meu gênero predileto de filme, não gosto muito da sensação de ficar sentada presa em uma cadeira com os ombros doloridos por quase 2 horas, além do fato de também não ser fã de cenas com sangue, muito menos com tortura e apelativas.

O Iluminado é um filme de 1980 com o atemporal Jack Nicholson, repleto de cenas e ângulos que foram copiados milhares de vezes por outros filmes do mesmo gênero ou não em que a tensão do filme é construída aos poucos, mesmo quem não conhece o filme provavelmente já viu esta capa do poster do filme, mas se ainda não assistiu dê uma chance.

O Filme tem uma velocidade diferente, mas para quem gosta de Tarantino e outros grandes diretores de cinema será fácil perceber muitas referências.

cena clássica do triciclo no hotel

cena clássica do triciclo no hotel

O filme conta a história de Terrance (Jack) que vai trabalhar como zelador durante o inverno em um hotel que fica isolado pela neve, ele se muda com sua família e coisas estranhas começam a acontecer.

Imagem do Ipop quiz, fácil adivinhar Imagem do Ipop quiz, fácil adivinhar[/caption]

2I]

The shining

The shining

200 anos de Orgulho e Preconceito (Pride and Prejudice)

4 fev

Sempre que alguma das minhas amigas me pergunta qual meu livro predileto de romance respondo sem titubear “Orgulho e Preconceito”, afirmo sem medo que é a base de TODOS os demais livros água com açúcar que a maioria das mulheres gostam.

Nem o nome do Mr Darcy a autora do livro modificou, idem para o filme

Nem o nome do Mr Darcy a autora do livro modificou, idem para o filme

Na semana passada a obra “Orgulho e Preconceito” completou 200 anos, e cada vez que releio vejo o quanto continua atual apesar de retratar de forma perfeccionista um retrato da sociedade inglesa da época.

O livro fala sobre a vida da família Bennet, composta por um pai, mãe e 05 filhas e a pressão da mãe para casar suas filhas. A personalidade distinta das irmãs Bennet é algo interessante, visto que na vida real Jane Austen tinha apenas uma irmã, Cassandra. Elizabeth é a protagonista do livro, com sua personalidade forte e um ponto de vista ultrafeminino para a época.

Mapa dos Personagens

Mapa dos Personagens

Vale a pena ler Orgulho e Preconceito e depois assistir ou ler ou as várias versões do livro para o cinema e também em mini-séries.

Como homenagem ao aniversário da obra esta semana postarei outras obras de Jane.

Até a próxima Paty Dica

Primeiro exemplar de Orgulho e Preconceito exibido na casa da Jane Austen

Primeiro exemplar de Orgulho e Preconceito exibido na casa da Jane Austen

John Lennon x EUA – Documentário

30 jan

Assisti recentemente na TV Cultura um documentário da Mostra Internacional de cinema chamado The U.S. vs. John Lennon, documentário que mostra a história dos Eua nos anos 60/70, durante o período da guerra do Vietnã em que muitos grupos políticos e ativistas pelas paz movimentavam as principais cidades do país cobrando o governo do fim da guerra.

Documentário John Lennon x EUA

Foi muito bacana ver John argumentando em algumas entrevistas e fora da máscara de Beatle que durou por tanto tempo. mais envolvido em uma questão tão “simples” como a paz mundial.

E me perguntei por que ninguém se importa com nada disso hoje em dia? Estamos tão acostumados com a nossa guerra diária para sobreviver que não conseguimos pensar em nada um pouco mais relevante, nada que traga um bem para todos.

De qualquer forma o documentário vale a pena para quem quer conhecer um pouco mais deste momento histórico por meio de muitos depoimentos, inclusive de ex agentes da Cia, e de entrevistas do próprio John.

Até a próxima Paty Dica!

Documentário John Lennon x EUA

Filme: As vantagens de ser Invisível

29 jan

De vez em quando gosto de procurar alguns filmes que ficam meio “fora do circuito” tradicional para assistir. Não importa se são antigos ou novos ou o país de origem, desde que o tema seja interessante.

Descobri o filme “As vantagens de ser invisível” (The perks of being a Wallflower) numa resenha do site da revista TPM e me pareceu bem interessante, tinha até a impressão de que seria um daqueles filmes felizes com clima de sessão da tarde, mas o filme tem muitos pontos sensíveis e até dramáticos, assisti o filme inteiro com um nó na gargante, vontade de chorar em váaarias cenas.

The

A atriz Emma Watson (sim, a Hermione do Harry Potter) está ótima no filme, acredito que este foi um dos filmes que ela fez pelo amor a arte e não pelo dinheiro. Aliás a minha aposta é qu

e de todos da saga Harry ela é a que tem realmente mais futuro como atriz.

Até a próxima Paty Dica

DVD As vantagens de ser invisível

DVD As vantagens de ser invisível

Para quem gosta de ler

18 jan

Me diverti muito com o blog abaixo, bem humorado e baseado em fatos reais, recomendo para momentos de ócio criativo.

São descritos casos de atendimento entre livreiros e fregueses, como o descrito abaixo:

tem gente que me pergunta qual é a diferença entre vender livros e ser revendedora dos produtos jetiqui. respondo aqui: no segundo caso, você tem chances de conhecer o silvio santos; sendo livreiro[a], você só corre o risco de conhecer freguesas como a do causo a seguir, uma exímia leitora de filosofia, só que não:

freguesa (acompanhada da amiga): por favor, onde é que eu encontro os livros do augusto, aquele filósofo brasileiro?
(livreiro percebe que a freguesa quer apenas mostrar para a amiga o seu altíssimo nível intelectual e, ai, preguiça de continuar esse atendimentzzZZZzz)
livreiro: augusto, filósofo brasileiro?
freguesa: é, moço, augusto qualquer coisa.
(ZzzZZ livreiro imagina que a freguesa possa estar confundindo brasileiro com francês, livraria com padaria, qualquer coisa com qualquer coisa, e tenta ajudá-la)
livreiro: não seria o auguste comte?
freguesa: auguste comte? não, moço, é outro augusto. é um filósofo importante, um dos mais conhecidos, está sempre na lista dos mais vendidos. ai, moço, como assim você não conhece?
(“outro augusto”, “como assim você não conhece?” livreiro conta até dez, respira, conta até trinta e devolve a pergunta)
livreiro: AUGUSTO CURY, senhora?
freguesa: poxa, demorou, hein?
(“DEMOROU, HEIN”)
livreiro: ah sim, os livros dele estão lá em AUTOAJUDA.
freguesa: como assim em “autoajuda”?
(livreiro sai de cena em busca de revistas velhas para responder a pergunta da freguesa com uma colagem artística. desenhar é coisa do passado)

http://manualpraticodebonsmodosemlivrarias.blogspot.com.br/

http://manualpraticodebonsmodosemlivrarias.blogspot.com.br/

blog divertido

até a próxima,

Paty

Anna Karenina – Livro e filme

16 jan

Já faz algum tempo que venho me aproximando da literatura russa com alguma cautela, talvez pelo fato de não ter me apaixonado por Crime e Castigo, no entanto seguindo a regra de “dar sempre uma segunda chance”, assisti a mini-série Guerra e Paz da BBC e gostei muito da estrutura que envolve história, drama e romance. Comprei os livros, sim com “S”, pois são 04 volumes que compõe a obra, confesso que ainda estou um pouco assustada com a quantidade de mapas e nomes das famílias , no entanto acredito que a leitura irá de encontro com o meu desafio literário do mês de Junho, acredito que até lá conseguirei termiar.

Quando vi o trailler de Anna Karenina me deu vontade de atropelar a leitura de guerra e paz com este romance, mas gostei tanto do trailler e sei que geralmente quando lemos o livro nos decepcionamos com o filme portanto irei assistir antes de ler (inclusive antes de comprar o livro…) para não cair na tentação.

O filme está concorrendo ao premio de melhor figurino e trilha sonora, e é do mesmo diretor de Orgulho e Preconceito, aguardo ansiosa pela estréia em Fevereiro.

Para os curiosos o trailer:

Para quem ficou curioso pela série guerra e paz:

Até a próxima Paty Dica

%d blogueiros gostam disto: